NOSSAS MISSÕES

A Operação Sorriso realiza missões no Brasil desde 1997 para operar crianças e adultos com fissuras faciais, como lábio leporino e fenda palatina. Desde então, já foram atendidas mais de 12 famílias e operadas 5.739 pessoas. Clique aqui para conferir o relatório completo sobre as missões realizadas no Brasil desde 1997.

Devido às medidas de isolamento impostas pela pandemia de COVID-19, suspendemos temporariamente as nossas missões humanitárias. Estamos realizando o atendimento pós-operatório dos nossos pacientes via telemedicina. Quer saber mais sobre as nossas ações relacionadas ao novo coronavírus? Acesse a nossa página dedicada ao assunto.

Quais regiões são atendidas atualmente pela Operação Sorriso?

Mossoró (Rio Grande do Norte), Porto Velho (Rondônia) e Santarém (Pará).

E como são escolhidas as cidades que receberão as missões?

A logística de um programa humanitário é complexa: envolve transporte e armazenagem de carga, autorização de todo o suprimento médico na Anvisa, autorização do governo, documentação nos órgãos de representação profissional para cada profissional voluntário que entra ou sai de uma cidade ou país diferente do seu, entre outros fatores. Precisamos garantir toda estrutura para oferecer um atendimento seguro aos nossos pacientes. Os locais são também definidos de acordo com a demanda de pacientes, capacidade de atendimento público local, equipe local de apoio, parceria governamental e apoio de patrocinadores, entre outros.

Vocês só operam criança?

Atendemos e operamos pessoas de qualquer idade. Inicialmente, o paciente passa por consultas médicas gratuitas de sete especialidades. Os que não são operados naquela missão são orientados a seguir acompanhamento em um hospital local.

E depois da operação, o que acontece com o paciente?

Durante as missões cirúrgicas, os pacientes passam por consulta gratuita com profissionais da saúde de nove especialidades. Alguns casos recebem indicação de tratamentos complementares, tais como fonoaudiologia e odontologia. Esses pacientes são encaminhados aos centros ou hospitais parceiros da Operação Sorriso mais próximos de suas casas.

A Operação Sorriso atua na região após a cirurgia?

Durante as missões, treinamos profissionais locais para que eles possam oferecer o tratamento complementar naquela região. Por isso, desenvolvemos programas de educação e treinamento, com o objetivo de ampliar a autossuficiência local no tratamento do fissurado. Trabalhamos também para montar centros de atendimento especializados em fissura para suprir a demanda local.

Quer AJUDAR a Operação Sorriso?