ESTUDANTES BRASILEIROS PARTICIPAM DE CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DE LIDERANÇA ESTUDANTIL DA OPERAÇÃO SORRISO, NA ITÁLIA

Integrantes de 2 clubes estudantis nacionais estiveram presentes. Um aluno brasileiro ainda se destacou como palestrante

Recorte_foto-horizontal-para-noticia.jpg

Entre os dias 17 e 24 de julho, a Operação Sorriso realizou a 26ª Conferência Internacional de Liderança Estudantil (ISLC – International Student Leadership Conference) em Roma, Itália.

O evento reuniu alunos de 15 e 24 anos de idade (de escolas e faculdades) para promover o empoderamento estudantil e também discutir a questão do acesso universal a cuidados cirúrgicos seguros.

Entre os mais de 600 participantes de 35 países (incluindo estudantes e monitores), a região latino-americana esteve muito bem representada por 132 estudantes, entre eles 3 alunos brasileiros. As estudantes de medicina Juliana Resende, do clube estudantil Sorria Porto Velho (RO), e Ana Luiza Vicente, do Recrutas do Sorriso (SP), estiveram presentes, assim como o jovem Erik Novak, do Rio de Janeiro, que apoia a Operação Sorriso por meio de uma empresa filantrópica fundada por ele mesmo.

Erik, de apenas 17 anos, se destacou ainda como um dos palestrantes do evento. No sábado (22), ele falou sobre empreendedorismo, uma característica que evidentemente possui, como fundador da IdeasLux, sua empresa filantrópica.

Erik compartilhou sua história de vida, com ênfase em um problema de saúde que o motivou a se engajar socialmente, contou como conheceu a Operação Sorriso e o plano para arrecadar fundos para a organização – por meio da criação da Ideas Lux e de uma foodbike filantrópica. Depois, ele ainda deu conselhos para outros jovens que queiram trilhar o mesmo caminho.

Ao final da apresentação, Erik foi longamente aplaudido de pé. Ele foi o primeiro palestrante brasileiro na história do evento.

“As Conferências Internacionais de Liderança Estudantil são uma ótima oportunidade para estudantes do mundo inteiro se juntarem, expressarem suas opiniões e encontrarem soluções para os problemas que afetam seus países", disse Ana Leme, responsável pelos Clubes Estudantis no Brasil. “Estamos muito orgulhosos por poder oferecer aos alunos uma plataforma que os permita se unir para fazer o bem.”

Durante a conferência, os alunos também participaram de workshops sobre liderança e trabalho em grupo, assistiram a palestras motivacionais, fizeram um treinamento de massagem cardíaca e realizaram um projeto para beneficiar os pacientes da Operação Sorriso na Itália.

Em março de 2017, a matriz Operation Smile iniciou a celebração de seu 35º aniversário, com o lançamento global da campanha Until We Heal, que discute a questão do acesso universal a cuidados cirúrgicos seguros. Para celebrar a marca e a campanha, na quarta-feira (19) aconteceu um jantar que reuniu os participantes da conferência, membros da fundação local e outros convidados.

“Toda criança que nasce com deformidade facial é nossa responsabilidade. Se nós não cuidarmos dessa criança, não há nenhuma garantia de que outra pessoa o fará.”

- Kathy Magee, cofundadora e presidente da Operação Sorriso